Das histórias que nos contam o couro e a madeira, nossa preferida é sobre como as pessoas passaram da indiferença ao compromisso em relação à cadeia produtiva. Se antes as consequências do uso dessas matérias-primas eram consideradas insignificantes, hoje o cuidado é a regra. Despertamos, todos, para uma realidade mais sensata.

Com curtumes e madeireiras tem sido assim. Não são poucos os estabelecimentos que hoje adotam práticas sustentáveis e seguem condutas de responsabilidade socioambiental. Menos impacto e mais compensação é o novo preto. E a consciência veio para ficar. Os processos mudaram, porque mudou a forma como nos relacionamos com o ecossistema. Para melhor.

É com esse olhar direcionado à melhoria que revisitamos nossa primeira coleção. Uma coleção que celebra o encontro de duas matérias-primas tão antigas quanto a humanidade em uma conversa sempre contemporânea sobre o reinventar. A si e ao entorno.

Convidamos você a se reinventar conosco.

 

Antonio Cesar Crestani e Pâmela Oliveira

 

 

Tice, vai bem com tudo e em qualquer ocasião.

Dora, bonita tanto por fora quanto por dentro.

Viga, quando a praticidade encontra o estilo.

 

Matéria-prima e produção

Saiba como são feitos os produtos Sta. Spalla

Todas as peças são feitas à mão, em um processo minucioso que demanda horas (até dias) de dedicação. A produção está centralizada em nós mesmos, fundadores da marca, pois assim podemos assegurar um rigoroso controle de qualidade e de condições corretas de trabalho, respeitando o tempo de cada um.

 

Couro

O couro vem do excedente fabril do Vale do Sinos, no Rio Grande Sul, estado que abriga alguns dos maiores polos calçadistas do país.

Garimpamos a matéria-prima das bolsas entre amostras de pele da indústria de calçados. Nossa missão é encontrar as que apresentam perfeitas condições de uso, com todas as qualidades próprias do couro preservadas. Dessa forma, garantimos que os recursos empregados no curtimento não tenham sido em vão. Até porque, para nós, o produto mais sustentável é aquele que já existe.

Madeira

A madeira sublinha ainda mais a singularidade da coleção. Como o desenho dos veios nunca se repete, não há sequer duas bolsas iguais. Cada peça é única.

Assim como o couro, a madeira é criteriosamente selecionada. Usamos apenas as que possuem autorização de uso e são fornecidas por estabelecimentos fiscalizados pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

 

Compromisso

O cuidado e a responsabilidade são formas de celebrar a vida

Quanto menos impacto a produção da matéria-prima causa, melhor. Por isso, trabalhamos com fornecedores certificados conforme critérios de responsabilidade ambiental, tais como: licenças; rastreabilidade dos materiais; consumo de energia e água; gestão de resíduos e efluentes.

 

Certificações

A Certificação de Sustentabilidade do Couro Brasileiro (CSCB) e o Selo da Leather Working Group (LWG) são alguns dos documentos concedidos por órgãos fiscalizadores que atestam o equilíbrio da produção e a procedência do couro. Alegra-nos dizer que são, igualmente, algumas das conquistas de nossos fornecedores.

Recomposição florestal

O que também nos enche de felicidade é a parceria com a organização não-governamental Iniciativa Verde, instituição sem fins lucrativos voltada à recomposição florestal de áreas nativas degradadas. Por meio dessa associação, revertemos parte das vendas da coleção a um projeto de plantio de árvores.